Aplicativo da Vivo inclui o dígito 9 nos contatos com DDD 11

A partir do dia 29 de julho de 2012, todos os celulares com DDD 11 passaram a contar com o dígito 9 na frente de seus números. Desta forma, todas estas linhas agora possuem 9 dígitos, ou seja, 9XXXX-XXXX. Muita gente possui celulares ou smartphones com uma grande quantidade de contatos, e nestes casos, alterar contato por contato, manualmente, adicionando o dígito 9 na frente de cada contato do DDD 11 pode ser um processo extremamente cansativo.

Pensando neste enorme trabalho devido aos celulares com 9 dígitos (e, é claro, em muitos casos, também como uma forma de propaganda ou até mesmo de ganhar dinheiro) uma série de desenvolvedores e empresas criaram aplicativos para automatizar o processo. Existem aplicativos pagos, mas também existem aplicativos gratuitos, como por exemplo o Vivo 9º Dígito, que foi desenvolvido pela operadora Vivo e lançado para dispositivos iOS e Android.

Vivo 9º Dígito - iOS e Android

A utilização do Vivo 9º Dígito é muito simples, e você não precisa ser cliente da operadora para baixá-lo e usá-lo. Ele funciona numa boa, independentemente da quantidade de contatos que você possua em seu celular. Basicamente, o aplicativo irá atualizar sua agenda automaticamente, considerando apenas os contatos com DDD 11.

Você ainda pode escolher se deseja que o aplicativo transforme automaticamente os contatos sem DDD em contatos pertencentes ao DDD 11, e pode também escolher se deseja inserir o código 15 (da própria Vivo, é claro) juntamente com os números (existe um aplicativo similar da OI, aliás, também gratuito e que faz a mesma coisa).

Usar o Vivo 9º Dígito é extremamente simples, e se você possui dezenas (ou centenas) de contatos na agenda de seu celular, ele é uma ótima pedida.

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>