Segredo dos insetos: bilhões deles voam sobre nós todos os dias

Honey Bee Macro Bubble Blowing Fly

Esse vídeo mostra um fato impressionante que talvez pouca gente sabe (eu nem imaginava), que é a quantidade enorme de insetos de vários tipos que nesse momento voam nos céus sobre nossas cabeças e que são impossíveis de ver a olho nu.

Por ordem crescente na altitude de voo temos as borboletas que alcançam mais de 1.000 metros de altura em voos bem longo aproveitando a corrente de ar e ajustando seu curso com batidas de asa, elas mudam de lugar todos os dias. Junto com as borboletas e até mais alto estão vários tipos de moscas, que voam a uma altura de 1.500 metros e com essas moscas e até mais alto ainda vários tipos de abelhas, e até joaninhas!

Starting Sequence Ladybug Blaze

Acima das joaninhas estão as mariposas, veja só, parecem tão frágeis como as joaninhas.

Logo depois surgem, pra minha surpresa, aranhas voando usando fios de teia como condutores para o vento atingindo alturas impressionantes de 4.000 metros do solo! O inseto que foi encontrado em altitude recorde foi um cupim a quase 6.000 metros de altura, só que o mais impressionante mesmo é a quantidade de insetos voando no céu.

TermiteCupim

As pesquisas para descobrir a altura que insetos voam são antigas, em 1926 o famoso aviador Charles Lindbergh amarrava redes em seu avião para coletar insetos e catalogar de acordo com a altitude. Segundo uma pesquisa britânica mais recente, em um dia típico de verão ou primavera é possível calcular cerca de 3 BILHÕES de insetos voando todos os dias, em algumas cidades os números podem chegar a 6 bilhões de insetos.

Veja o vídeo em animação gráfica que é bem educativo, um bom assuntos para professores mostrarem aos alunos quando o assunto for insetos:

Look Up! The Billion-Bug Highway You Can’t See from NPR on Vimeo.

Fantástico não? :)

Fonte dos dados e pesquisas

crédito das fotos: photo credit: wildxplorer photo credit: Gerald Yuvallos photo credit: saturn ♄ photo credit: Dan Zen photo credit: denn

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>